01 março, 2011

DETOX



(peço desculpa pela falta de acentuaçao mas neste momento nao me e possivel escrever de outra forma no teclado em que me encontro)

Dr. Dre, uma das lendas vivas do hip-hop mundial, prepara-se para voltar naquele que sera alegadamente o seu ultimo album - Detox, cujo lançamento tem sido sucessivamente adiado nos ultimos anos.
Pela amostra posta a circular (o single "Kush", cujo videoclip ate tive vergonha de o por aqui, por isso deixei-o quietinho la no youtube), longe vao os tempos de The Chronic e 2001, albuns fundamentais em qualquer colecçao de hip hop. E que Dre nao so insuflou a sua massa muscular como ate ja canta com gente como Akon... e ja disse tudo.
Tudo bem que nao e novidade que Dre ja anda a produzir hip-hop foleiro q.b. ("bang-pop-bitchie") para uma serie de gente ha uns bons anos, mas e sempre custoso ver o proprio a lançar um album nessa linha.

O single "I Need a Doctor" augura, e certo, algo de mais positivo, embora comece a tornar-se urgente que alguem diga ao Eminem que ele soa sempre da mesma forma (aquele tom invariavelmente "guerreiro" e neurotico) quer a musica seja com o Dre, quer seja com a... Rihanna. Alguma coisa esta mal, digo eu.

Mas bem, podemos sempre pensar que sao apenas dois singles e que o resto do album sera ao estilo daquilo que fez dele um dos nomes maiores do hip-hop, por quem tenho um respeito muito grande:















Nao coloco mais faixas, caso contrario o blog fica muito pesado. Okaaaay, sim, falta uma...:

3 comentários:

Joana Nicolau disse...

Epa gostei mesmo muito de ler este post! É precisamente o que penso, embora tenha uma opinião um bocadinho menos simpática que a tua em relação ao "I need a doctor"... Uhm, bleh. De facto o Eminem rima da mesma maneira com o Dre e com a Rihanna, mas isso estende-se igualmente ao conteúdo das letras. Too ghey.

Mas vou esperar pelo álbum, como dizes, pode ser que surpreenda! No fundo, artistas que têm carreiras muito longas acabam sempre por deslizar (salvo raras excepções). O NAS vai viver sempre na sombra do Illmatic. E parece-me que é também esse o caso do Dre.

Obrigada por este post, gostei de ler!

Francisco Noronha disse...

Olá Joana!

Obrigado:) é sempre bom ter-te por cá (e obrigado pelo link ao betrue há dias).

Tenho que discordar contigo quanto ao Nas... penso que ele tem feitos grandes discos depois do Illmatic: "It was written", " I am...", "Stillmatic" ou o "Hip Hop is dead" são todos bons albuns!

word,
F.

Joana Nicolau disse...

Acho que me expliquei mal, não quis dizer que o NAS não tem feito bons álbuns, também tenho apreciado bastante os trabalhos mais recentes dele. A cena é que o público vai sempre medir o sucesso que ele venha a ter à medida do Illmatic. Da mesma forma que o DJ Shadow tem feito coisas geniais e continua a ser massacrado com o Endtroducing.

...Tás a ver? lol

Eu acompanho sempre aqui o blog :)